O Departamento de Engenharia Química (DEQUI) faz parte da Escola de Engenharia e está localizado nos Campus Centro e Saúde da UFRGS. Ocupa uma área construída de mais de 2.200 metros quadrados, distribuída no pavilhão tecnológico (prédio azul no Campus Centro) e no prédio do Anexo I do Campus Saúde.

Linha do tempo

1896
1958
1966
1970
1977
1978
1979
1988
1995
1997
1998
2000
2001
2002
2003
2004
2007
2010
2013
2014
2018

1896

O Curso de Engenharia Química foi criado oficialmente em 1896, obtendo reconhecimento em 08 de dezembro de 1900, através do Decreto Nº 727. Seu Currículo Mínimo obedece a resolução Nº 48.176 do CFE.

1958

Ano em que o Departamento de Engenharia Química iniciou suas atividades de ensino de graduação.

1966

Ano da primeira diplomação.

1970

partir da década de 1970, devido ao crescimento do parque industrial gaúcho, especialmente o petroquímico, a demanda na área de engenharia química aumentou significativamente. Nessa época observou-se um aumento no número de vagas oferecidas através da criação de novos cursos de Engenharia Química em diversas universidades no Estado.

1977

Em 1977, através de convênio firmado entre a UFRGS, a PETROBRÁS e a PETROQUISA teve início, no Departamento de Engenharia Química, o curso de especialização em Engenharia de Processamento Petroquímico – CENPETRO com duração de 1535 horas-aula. Este curso de Pós-Graduação foi oferecido, anualmente, até 1989, titulando 152 engenheiros químicos.

1978

Em 1978, o Currículo Pleno do Curso de Engenharia Química sofreu uma reestruturação autorizada pelo parecer Nº 18.701/78 do CFE.

1979

Em 1979, devido à demanda crescente por profissionais qualificados, o Departamento de Engenharia Química da UFRGS elaborou um estudo para a implantação de um curso de Pós-Graduação para formação de mestres, pois já naquela época foi detectada a necessidade de qualificar recursos humanos destinados ao desenvolvimento de setores industriais de elevada complexidade tecnológica, tais como os setores petroquímico e carboquímico. Entretanto, para que a implantação deste curso fosse possível, fazia-se necessária a qualificação do corpo docente, constituído na ocasião, fundamentalmente, por professores com regime de tempo parcial e em final de carreira.

1988

A definição das áreas de qualificação docente do Departamento de Engenharia Química baseou-se, inicialmente, na iniciativa isolada de alguns professores sendo que, a partir de 1988, iniciou-se um processo planejado de formação de recursos humanos. Nesse ano, oito docentes se afastaram para a realização de cursos de doutorado com vistas à implantação do curso de Pós-Graduação em Engenharia Química ao nível de mestrado.

1995

Em março de 1995, iniciou-se o curso de Pós-Graduação em Engenharia Química ao nível de mestrado. Este início foi, sem dúvida, um marco importantíssimo para o Departamento, que se preparava para dar um grande salto de qualidade, que se refletiu, indubitavelmente, também na melhoria do ensino ao nível de graduação.

1997

Março de 1997, mês da primeira defesa de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química.

Ainda em 1997, o DEQUI ofereceu, a pedido de um grupo de empresas do III Polo Petroquímico, um Curso de Especialização em Processos Petroquímicos com 900 horas/aulas e que especializou 60 engenheiros químicos.

1998

Pelo segundo ano consecutivo, o DEQUI ofereceu, a pedido de um grupo de empresas do III Polo Petroquímico, um Curso de Especialização em Processos Petroquímicos com 900 horas/aulas e que especializou 60 engenheiros químicos.

2000

A excelente qualidade do curso de graduação em Engenharia Química da UFRGS é hoje reconhecida nacionalmente, refletindo-se no desempenho de seus egressos no Exame Nacional de Curso do MEC – PROVÃO, tanto que nesse ano de 2000 o curso obteve o segundo melhor desempenho no Exame do MEC.

2001

Ano em que o curso obteve a melhor nota no Exame Nacional (Provão) do MEC.

2002

Em 2002, o curso obteve o segundo melhor desempenho no Exame (Provão) do MEC.

2003

Novamente, em 2003, o curso obteve o segundo melhor desempenho no Exame (Provão) do MEC.

2004

A partir de 2004, iniciou-se o curso de Doutorado em Engenharia Química.

2007

Agosto de 2007, mês da primeira defesa de doutorado no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química.

2010

Em 2010, na busca da excelência acadêmica nas atividades de pesquisa e de formação de pessoas altamente qualificadas, a qual é uma das marcas da UFRGS, o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da UFRGS foi avaliado com conceito 5 pela CAPES. O reconhecimento da qualidade ora obtido reflete o trabalho árduo, dedicado e competente de todos aqueles que vêm escrevendo nossa história de sucesso acadêmico.

2013

Em 2013, o curso de graduação em Engenharia Química da UFRGS classificou-se em 4º lugar na avaliação do INEP/MEC. Segundo o CPC 2011 (Conceito Preliminar de Curso), o curso obteve o índice de 3,85.

2014

Em 2014, o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química (PPGEQ) da UFRGS foi avaliado pela CAPES com conceito 6 nos cursos de mestrado e doutorado. É um desempenho que honra o Programa e orgulha a UFRGS, naquilo que significa de maturidade da área e consolidação da excelência da pós-graduação da Universidade.

2018

Em 2018, o curso de graduação em Engenharia Química da UFRGS obteve conceito 5 (máximo) na prova e conceito 4 no IDD (indicador de diferença entre os desempenhos esperado e observado), que é um indicador que busca mensurar o valor agregado pelo curso ao desenvolvimento dos alunos concluintes, considerando seus desempenhos no ENADE e no ENEM. Nosso curso ficou na 5ª colocação geral no Brasil, sendo o 4º melhor entre as universidades federais, e em primeiro lugar na região sul do país.

Número de Engenheiros Químicos formados (estimativa)
Número de alunos matriculados (estimativa)

Parcerias

Nos últimos anos, a interação com empresas cresceu fortemente, destacando-se as seguintes parcerias, entre muitas outras:

Copesul
CMPC Celulose Riograndense
Petroquímica Triunfo
Aracruz
Petrobras
Innova
Oxiteno
REFAP
Braskem
Trisolutions