Histórico do Departamento de Engenharia Química na UFRGS

O Departamento de Engenharia Química (DEQUI) faz parte da Escola de Engenharia e está localizado no Campus Central da UFRGS. Ocupa uma área construída de mais de 2.200 metros quadrados, distribuída no pavilhão tecnológico e no prédio da Ex-Química.

O Curso de Engenharia Química foi criado oficialmente em 1896, obtendo reconhecimento em 08 de dezembro de 1900, através do Decreto Nº 727. Seu Currículo Mínimo obedece a resolução Nº 48.176 do CFE. Em 1978, o Currículo Pleno do Curso de Engenharia Química sofreu uma reestruturação autorizada pelo parecer Nº 18.701/78 do CFE.

O Departamento de Engenharia Química iniciou suas atividades de ensino de graduação em 1958.

A primeira diplomação ocorreu em 1966. Desde então, o Curso já formou cerca de 1.500 Engenheiros Químicos.

Atualmente, o número total de alunos matriculados no Curso é de, aproximadamente, 450 alunos.

A partir da década de 1970, devido ao crescimento do parque industrial gaúcho, especialmente o petroquímico, a demanda na área de engenharia química aumentou significativamente; nessa época observou-se um aumento no número de vagas oferecidas através da criação de novos cursos de Engenharia Química em diversas universidades no Estado.

Em 1977, através de convênio firmado entre a UFRGS, a PETROBRÁS e a PETROQUISA teve início, no Departamento de Engenharia Química, o curso de especialização em Engenharia de Processamento Petroquímico - CENPETRO com duração de 1535 horas-aula. Este curso de Pós-Graduação foi oferecido, anualmente, até 1989, titulando 152 engenheiros químicos.

Em 1979, devido à demanda crescente por profissionais qualificados, o Departamento de Engenharia Química da UFRGS elaborou um estudo para a implantação de um curso de Pós-Graduação, para formação de mestres, pois já naquela época foi detectada a necessidade de qualificar recursos humanos destinados ao desenvolvimento de setores industriais de elevada complexidade tecnológica, tais como os setores petroquímico e carboquímico. Entretanto, para que a implantação deste curso fosse possível, fazia-se necessária a qualificação do corpo docente, constituído na ocasião, fundamentalmente, por professores com regime de tempo parcial e em final de carreira.

A definição das áreas de qualificação docente do Departamento de Engenharia Química baseou-se, inicialmente, na iniciativa isolada de alguns professores sendo que, a partir de 1988, iniciou-se um processo planejado de formação de recursos humanos. Naquele ano, oito docentes se afastaram para a realização de cursos de doutorado com vistas à implantação do curso de Pós-Graduação em Engenharia Química ao nível de mestrado, que se iniciou em março de 1995. Este início foi, sem dúvida, um marco importantíssimo para o Departamento, que se preparava para dar um grande salto de qualidade, que se refletiu, indubitavelmente, também na melhoria do ensino ao nível de graduação.

Nos anos de 1997 e 1998, o DEQUI ofereceu, a pedido de um grupo de empresas do III Polo Petroquímico, um Curso de Especialização em Processos Petroquímicos com 900 horas/aulas e que especializou 60 engenheiros químicos.

Nos últimos anos, a interação com empresas cresceu fortemente, destacando-se as seguintes parcerias: COPESUL, REFAP, Braskem, PETROBRÁS, INNOVA, Petroquímica Triunfo, Oxiteno, COPENE, Aracruz Celulose (antiga Riocel), entre muitas outras.

A excelente qualidade do curso de graduação em Engenharia Química da UFRGS é hoje reconhecida nacionalmente, refletindo-se no desempenho de seus egressos no Exame Nacional de Curso do MEC - PROVÃO. Nos anos de 2000, 2002 e 2003 obtiveram o segundo melhor desempenho e no ano de 2001, a melhor nota nacional.

A partir de 2004, iniciou-se o curso de Doutorado em Engenharia Química.